Trabalhadores negros ganham quase 57,4% menos que os brancos

exemplo de imagem
Vídeo
(23)
Uma pesquisa do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) traça um retrato do emprego no Brasil na última década e revela que os trabalhadores negros ganham quase 60% menos que os brancos.

detalhes

Tipos de Mídias

Vídeo

Etapas, anos e modalidades

1ª Série Em, 2ª Série Em, 3ª Série Em

Disciplina

Português

Sugerido por

Modalidade de Ensino

Comentários

Compartilhe sua experiência de uso

Icn pessoa
Benally Cesar: muito importante o debate sobre racismo e desigualdade social.
Icn pessoa
Vera Lúcia Gonçalves de Souza: Trabalhar a igualdade social, é também trabalhar os valores, trabalhar a igualdade e não a desigualdade, não só na escoal, mas na familia e na sociedade como um todo.
Ana Lucia balbino da Silva: Está temática é muito importante de ser tratada na sala de aula.
Ana Lucia balbino da Silva: Está temática é muito importante de ser tratada na sala de aula.

Materiais do professor relacionados

Vídeo

Texto argumentativo;

Seminário;

Período;

Período seimples e período composto.

 

Fav
(0)
O vídeo traz para o debate uma pesquisa do IBGE (Instituto de Geografia e Estatística) que demonstra a diferença de renda entre negros e brancos, e permite  debater as principais consequências desta disparidade, por meio da apresentação de dados e possibilidades de comparação,  ao traçar um retrato do emprego no Brasil na última década. A análise  dos dados pode ser utilizado  em conjunto por matemática e sociologia. Pode ser utilizado na 2ª e 3ª série do ensino médio.
Fav
(0)
Uma pesquisa do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) traça um retrato do emprego no Brasil na última década e revela que os trabalhadores negros ganham quase 60% menos que os brancos.
Fav

Outros usuários também visitaram

Vídeo

Texto argumentativo;

Seminário;

Período;

Período seimples e período composto.

 

Fav
(0)
O vídeo traz para o debate uma pesquisa do IBGE (Instituto de Geografia e Estatística) que demonstra a diferença de renda entre negros e brancos, e permite  debater as principais consequências desta disparidade, por meio da apresentação de dados e possibilidades de comparação,  ao traçar um retrato do emprego no Brasil na última década. A análise  dos dados pode ser utilizado  em conjunto por matemática e sociologia. Pode ser utilizado na 2ª e 3ª série do ensino médio.
Fav
(0)
Uma pesquisa do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) traça um retrato do emprego no Brasil na última década e revela que os trabalhadores negros ganham quase 60% menos que os brancos.
Fav