Trabalhadores negros ganham quase 57,4% menos que os brancos

exemplo de imagem
Vídeo
(23)
Uma pesquisa do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) traça um retrato do emprego no Brasil na última década e revela que os trabalhadores negros ganham quase 60% menos que os brancos.

detalhes

Etapas, anos e modalidades

1ª Série Em, 2ª Série Em, 3ª Série Em

Disciplina

Português

Tipos de Mídias

Vídeo

Sugerido por

Modalidade de Ensino

Comentários

Compartilhe sua experiência de uso

Icn pessoa
Benally Cesar: muito importante o debate sobre racismo e desigualdade social.
Icn pessoa
Vera Lúcia Gonçalves de Souza: Trabalhar a igualdade social, é também trabalhar os valores, trabalhar a igualdade e não a desigualdade, não só na escoal, mas na familia e na sociedade como um todo.
Ana Lucia balbino da Silva: Está temática é muito importante de ser tratada na sala de aula.
Ana Lucia balbino da Silva: Está temática é muito importante de ser tratada na sala de aula.

Materiais do professor relacionados

Vídeo

Texto argumentativo;

Seminário;

Período;

Período seimples e período composto.

 

Fav
(0)
O vídeo traz para o debate uma pesquisa do IBGE (Instituto de Geografia e Estatística) que demonstra a diferença de renda entre negros e brancos, e permite  debater as principais consequências desta disparidade, por meio da apresentação de dados e possibilidades de comparação,  ao traçar um retrato do emprego no Brasil na última década. A análise  dos dados pode ser utilizado  em conjunto por matemática e sociologia. Pode ser utilizado na 2ª e 3ª série do ensino médio.
Fav
(0)
Uma pesquisa do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) traça um retrato do emprego no Brasil na última década e revela que os trabalhadores negros ganham quase 60% menos que os brancos.
Fav

Outros usuários também visitaram

Vídeo

Texto argumentativo;

Seminário;

Período;

Período seimples e período composto.

 

Fav
(0)
O vídeo traz para o debate uma pesquisa do IBGE (Instituto de Geografia e Estatística) que demonstra a diferença de renda entre negros e brancos, e permite  debater as principais consequências desta disparidade, por meio da apresentação de dados e possibilidades de comparação,  ao traçar um retrato do emprego no Brasil na última década. A análise  dos dados pode ser utilizado  em conjunto por matemática e sociologia. Pode ser utilizado na 2ª e 3ª série do ensino médio.
Fav
(0)
Uma pesquisa do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) traça um retrato do emprego no Brasil na última década e revela que os trabalhadores negros ganham quase 60% menos que os brancos.
Fav